quarta-feira, 2 de março de 2011

Mendigancia

Qual maior benção se poderia agradecer
que a dádiva sagrada de plantar e poder colher?

De haver tempo na vida
para de volta receber
aquela injuria proferida
e assim se convalescer

A mendigancia não é digna
do ser humano que é livre
A graça à ter valia
deve ser com justiça vista
Que ninguém há de receber
por aquilo que não merece obter
nem da forma como deseja
se o pedido o não favorecer

Se sofre a alma humana
é colheita do mal passado
o sofrer é mais que justo
é presente do Pai Amado

Que aquele que hoje sofre
de algum mal será libertado
e a gratidão que o assoma
é do livre arbítrio reconquistado!

"Obrigada, Senhor, 
por permitir o fervor
dessa alma que hoje chora
de alegria sem demora
por sofrimento passado
por algum mal resgatado
que foi desferido injusto
e hoje está sendo pago!"

Amém!

Valquiria Menezes
03/2011

2 comentários:

Malu disse...

Nossa! Menina... É tudo lindo, genuínamente lindo.
Kiro, teu coração é terreno fértil, onde são plantados sentimentos de paz, sabedoria e muito amor. És a explicação para brotar tanta coisa bonita.

Deus te abençõe.

Bjs.

Lena disse...

Seu livro tem que sair, amorinha!
Em tempo, até a palavra "mendigar" é feia, né?
Bjs. minha linda. Muita luz pra você!